Nós já temos o MinWin!


O desabafo saiu no blog Shipping Seven, e chamou a atenção de muitos sites grandes lá fora. O texto chama a atenção para a confusão que muitas pessoas fazem sobre o MinWin, um kernel-conceito demonstrado por um funcionário da Microsoft ano passado. Mas a grande questão é: nós já temos o MinWin!

O MinWin é nada mais, nada menos, que o kernel do Windows Vista capado ao extremo. Só deixaram o essencial para o sistema funcionar, e removeram todo o resto. Partindo dessa premissa, a única diferença entre os kernels (é esse o plural?) é o tamanho. Nosso MinWin não é tão “Min”, afinal.

Sendo assim, qual o problema? O excesso de firulas que a Microsoft insiste em colocar a cada nova versão do Windows. Exemplo-mor de que se trata disso mesmo é o Windows Server 2008, que com a mesma base do Vista, é aclamado por muitos como o melhor Windows ever, mesmo em ambiente doméstico. Soma, o autor do texto do Shipping Seven, defende o kernel do Windows como um dos melhores códigos já criados, e diz ser inviável a criação de um novo. O Mac OS X já teve seu kernel reescrito? E o Linux? Então.

No OSnews, Thom Holwerda recomenda o vLite para a criação de um Windows Vista mais enxuto, e vai além: diz que a Microsoft deveria contratar a equipe do programa, melhorá-lo, e distribui-lo para que os próprios usuários criem imagens do sistema personalizadas. É uma boa idéia, embora eu particularmente não acredite nisso – a Microsoft não gosta muito do vLite.

Fonte: WinAjuda

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: