Bill Gates chora na despedida da Microsoft


Bill Gates despediu-se na sexta-feira (27) da Microsoft para se dedicar em tempo integral à filantropia na organização Bill & Melinda Gates Foundation. “Não haverá um único dia na minha vida em que não estarei pensando sobre a Microsoft, sobre as grandes coisas que estamos fazendo e que desejamos fazer”, afirmou Gates, que enxugou algumas lágrimas quando um grupo de funcionários se levantou para aplaudi-lo de pé.

Em um evento com funcionários da Microsoft realizado na sede da empresa, em Redmond, Gates subiu ao palco ao lado do executivo-chefe da empresa, Steve Ballmer.

Ballmer, um colega da Universidade Harvard que foi trabalhar na Microsoft à convite de Gates, ficou emocionado ao descrever o impacto de Gates sobre a empresa e sobre a sociedade em geral. “Não há uma forma de agradecer ao Bill. O Bill é o fundador. O Bill é o líder’, afirmou Ballmer. ‘Este é o bebê do Bill.”

Ballmer afirmou que pensou em abandonar o emprego um mês depois de ter ingressado na Microsoft. Gates pediu veementemente que ele ficasse. “Foi isto o que o Bill me disse: ‘Você não está entendendo. Você não está entendendo. Vamos colocar um computador sobre todas as mesas e em todos os lares”, afirmou Ballmer.

Gates deixa toda uma vida dedicada ao desenvolvimento de software e concentrará suas energias em promover a descoberta de novas vacinas ou o financiamento de projetos em países em desenvolvimento.

A Microsoft continuará sob o comando do executivo-chefe, Steve Ballmer, do chefe de estratégia e pesquisa, Craig Mundie, e do chefe para arquitetura de softwares, Ray Ozzie. Em junho de 2006, Ozzie já havia assumido o posto de Gates como responsável pela arquitetura de software da Microsoft.

Como é o maior acionista da Microsoft, Gates continuará a ser o presidente do conselho da empresa e a trabalhar em alguns projetos especiais de tecnologia. A participação de 8,7% que ele detém na companhia vale cerca de US$ 23 bilhões.

Ballmer e a direção da Microsoft, no entanto, terão de enfrentar os novos desafios da companhia que viu cair seu lucro no último trimestre em 11% e perdeu a batalha pelo controle do mercado de buscadores da internet para o Google, especialmente após seu fracasso em adquirir a Yahoo!.

As inúmeras críticas recebidas por seu último sistema operacional, o Windows Vista, com problemas de compatibilidade com outros programas e periféricos, não impediu que sua comercialização vingasse, já existindo mais de 140 milhões de variações no mundo todo.

Muitos usuários e empresas continuam, no entanto, ligados ao seu antecessor Windows XP, que tem seus dias contados. Entretanto, aumenta a popularidade dos sistemas operacionais gratuitos como o Linux e cresce a fração do mercado dos dispositivos da Apple, concorrente da Microsoft que utiliza programas próprios.

Gates sai justamente quanto é considerado o terceiro homem mais rico do mundo, com uma fortuna que atinge US$ 58 bilhões, segundo a revista “Forbes”.

Fonte: Folha Online

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: